Santa Paulina

A A

Data da fundação

14/12/2003

Setor

Anchieta

Endereço

 Rua 28 de outubro , 07 , Cidade Nova Heliópolis

Contato

 (11) 2061-8956
 (11) 9440-0287
 Atendimento da secretaria
De segunda a sexta-feira
08
30
12
00
De segunda a sexta-feira
13
05
17
00
Sábado
08
30
12
00
Breve história 

A história da ação evangelizadora em Heliópolis, na qual está situada a paróquia Santa Paulina fundada em dezembro de 2003, está ligada à história de luta por moradia no maior bairro popular da cidade de São Paulo e ao fenômeno de migração brasileira na década de 70. Na verdade, o bairro popular Heliópolis, hoje com uma população estimada em mais de 100.000 habitantes, deve sua origem à iniciativa do próprio poder público que, em 1971, através da Secretaria do Bem-Estar Social removeu 150 famílias da favela de Vila Prudente para a gleba de Heliópolis, construindo alojamentos provisórios para as mesmas. Em 1978, novo alojamento provisório foi implantado, desta vez para 60 famílias removidas da favela Vergueiro. Paralelamente, teve início nesta região a ação dos grileiros que, além de ocupar parte da área, procederam à intensa venda de lotes. O poder público acabou cedendo às pressões do movimento popular e, em 1980, implantou programas para instalação de rede de água e de esgoto, e energia elétrica. Na época, Heliópolis contava com importante apoio de entidades como Centro de Estudos e Atividades Sociais – CEATS -, Centro Oscar Romero – COR -, e a própria Igreja Católica local através da Pastoral de Favelas. Na década de 90, as lutas sociais continuaram, sobretudo para garantir atendimento sócio-educativo às crianças e aos adolescentes, remanejamento de população de área de risco, entre outras. Nesta realidade, a Igreja Católica está presente desde a primeira ocupação, em 1971, representada pela Pastoral de Favelas da Região (1976-1987) e pelas paróquias Santa Edwiges e São João Clímaco, pela Pastoral de Moradia da Região (1988-1990) e pela Área Pastoral Heliópolis (1991-2002). A Área Pastoral foi entregue à coordenação de um grupo de missionários: 1991-1997: Missionários Xaverianos, auxiliados pelos Oblatos de Maria Imaculada e por seminaristas camilianos; 1998-2002: Missionários da Consolata, auxiliados pelas Irmãzinhas da Imaculada Conceição e pelas Irmãs Franciscanas Angelinas. Em 2002, começou o processo de discussão sobre a criação de uma paróquia em Heliópolis para atender melhor a população e garantir maior autonomia jurídica-religiosa às Comunidades Eclesiais de Base. Os objetivos eram atender uma área necessitada e de grande extensão populacional, o maior bolsão de pobreza da cidade de São Paulo; ampliar o trabalho de evangelização junto às famílias, ruas e núcleos de moradia; favorecer a população através de atendimento paroquial e de projetos sociais. A padroeira escolhida foi Santa Paulina por dois motivos relevantes: primeiro por ela ter testemunhado amor e dedicação aos mais pobres e segundo porque ela viveu muitos anos no Ipiranga. A paróquia Santa Paulina foi fundada no dia 14 de dezembro de 2003, em celebração presidida pelo bispo dom Gil Antonio Moreira, na qual pe. Ricardo Gonçalves de Castro foi nomeado o primeiro pároco. A cerimônia foi muito alegre e emocionou muito os presentes, especialmente as lideranças das comunidades, pois representou mais uma conquista para um povo tão sofrido e lutador.

Paróquia a qual faz parte 
Paróquia Santa Paulina
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Matriz Paroquial Santa Paulina

Missas

Quarta-feira
19
30
Domingo
07
00
Domingo
10
00
09
20
00

Sacramentos

Confissões

Terça-feira
09:00
11:00
Quinta-feira
09:00
11:00