Santuário Santa Edwiges

A A
PADROEIRO
16 de Outubro

Data da fundação

21/04/1940
Pároco
Padre Paulo Siebeneichler
Vigário Paroquial
Padre Roberto Palotto
Vigário Paroquial
Padre Valdinei Nascimento Pini

Setor

Anchieta

Vigário Paroquial

Endereço

 Estrada das Lágrimas , 910 , Sacomã

Contato

 (11) 2274-2853
 (11) 2274-8646
 (11) 2215-6111
 Atendimento da secretaria
De segunda a sexta-feira
08
00
19
30
Sábado
08
00
12
00
Sábado
14
00
18
00
Breve história 

Em 1923/24 nasce em São Paulo a Associação Beneficente de Santa Edwiges e junto com ela a doação de um terreno para a construção de uma Capela em honra da Santa. Esta foi a luta e corrida da primeira diretoria desta associação na Capital Paulistana.

No ano de 1926 foi lançada a pedra fundamental da primeira construção e não tendo documentos dos anos anteriores, em 1953 surge a Sociedade Católica de Santa Edwiges, que através de festas, quermesses e eventos angariavam os fundos para a construção da Capela em louvor à Santa Edwiges. Nesta época só restava documentos do terreno no cartório da capital, pois os que se guardavam nela tornaram-se cinzas após o incêndio da primeira capela.

Em março de 1955 foi lançada a pedra fundamental. No ano 1957 a capela passou a pertencer à Paróquia de São João Clímaco, cujo Vigário (pároco) era o Pe. Walter Morais que vinha até a capela para dirigir desta às reuniões.

Por Decreto do Arcebispo Carlos Carmelo de Vasconcellos Cardeal Motta, em 21 de abril de 1960 foi criada a Paróquia de Santa Edwiges a qual tem como divisas as paróquias de Nossa Senhora Aparecida do Ipiranga, Paróquia São Vicente de Paulo do Moinho Velho, Paróquia São João Clímaco, Diocese de Santo André e Paróquia Santo Antonio de Vila Carioca. Este decreto deu a Igreja de Santa Edwiges todos os privilégios e compromisso de uma Igreja paroquial, tendo consigo os livros diversos das anotações, pia batismal e administração própria em sua sede.

O primeiro Vigário paroquial tomou posse com a presença do Vigário Geral da Arquidiocese Bispo Auxiliar do Cardeal Motta, sendo conferidos a este todos os ritos de posse prescritos, o que fez posteriormente as publicações diversas dos diversos horários de atendimentos e missas da nova paróquia.

No dia 14 de setembro de 1973, assume como Vigário paroquial (pároco) o Pe João Batista Cerutti e com ele a Congregação dos Oblatos de São José fazem presença no Santuário. Com a presença Oblata nesta comunidade se deu a expansão da devoção de Santa Edwiges, o grande executor da divulgação foi o Padre Segundo Piotti, que transferido de São Miguel Paulista para Santa Edwiges se dedicou na divulgação e na proclamação da devoção da padroeira e a ampliação dos serviços e atendimento aos romeiros que acorriam ao Santuário.

Com a morte do Pe Segundo Piotti no Hospital Heliópolis, seu sucessor é o Pe Eurico Dedino. Ele impulsionou a mudança devocional pelo impulso social da devoção, pedindo ao invés de flores, alimentos e roupas para os pobres, nesta época (1980/82) começa a invasão dos campos e do centro esportivo de Heliópolis, a que no fim dos anos 80 início de 90 torna-se a maior favela da América Latina, a Favela Heliópolis, hoje o bairro que nós conhecemos.

Em 1983 começou a construção da Igreja nova, a qual hoje está em funcionamento ocupando toda a extensão de espaços que possui para o melhor atendimento dos fieis desta Igreja-Santuário. Isso se deve a um incêndio em 1982 após a noite do dia 16 de outubro. A partir daí toda a comunidade se empenhou para devolver ao bairro a sua Igreja construindo o novo templo.

Em 18 de abril de 1997, Sua Exma. Revma. Dom Paulo Evaristo Cardeal Arns, elevou a Igreja à Santuário, e no dia 06 de dezembro de 1998, Dom Antonio Celso de Queiróz, Bispo Auxiliar da Região Episcopal Ipiranga proferiu a Consagração da Igreja. Em 1999 foi edificada a construção da Capela da reconciliação, que contou com a presença de Dom Claudio Cardeal Hummes, onde foi aberta a sala das confissões e sala das promessas. No ano 2000 a Igreja foi indicada para as peregrinações do ano Santo da Redenção recebendo as insígnias dos 500 anos de Evangelização da América.

Grandes eventos se fizeram no bairro em torno da Igreja, muitos acontecimentos da região se fizeram sede na Paróquia Santuário, como: O nascimento da Obra Social nos porões da Igreja, essa da Caridade. A acolhida dos desabrigados por conta do incêndio nos prédios invadidos e inacabados próximo do hospital, com esse da sensibilidade nasce o Instituto Baccarelli de música, as primeiras aulas eram no salão da Igreja. Dos padres dois de seus reitores foram escolhidos para servir a Congregação dos Oblatos de São José no Conselho Geral. A vinda do Seminário de Teologia dos Oblatos de São José para São Paulo. A criação da casa da Criança Santa Ângela por conta da Acolhida da Angélica e suas co-irmãs. Repercussão da Osse como entidade da Igreja e entrega do Lar para gestão deste. E a presença em momentos cruciais da vida do Bairro Heliópolis em seus conflitos e celebrações e alegrias.

Hoje o Santuário nos seus 52 anos de Paróquia e 15 anos de oficialização desde o reconhecimento oficial, tem um atendimento religioso devocional e pastoral, no cuidado da formação de uma sociedade que a partir da fé, faça presente a doutrina de Jesus Cristo, servindo ao Cristo nos Irmãos necessitados.

Texto: Pe. Paulo Siebeneichler – OSJ
Fontes de Pesquisa: Livro de Tombo do Santuário, Decretos e Provisões.

Paróquia a qual faz parte 
Paróquia Santa Edwiges
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Matriz Paroquial Santuário Santa Edwiges

Missas

De segunda a sexta-feira
19
30
Domingo
07
00
Domingo
09
00
Domingo
11
00
Domingo
18
30
Missa em honra a Santa Edwiges
De segunda a sexta-feira
15
00
Missa em honra a Santa Edwiges
16
De segunda a sexta-feira
19
30
Missa em honra a Santa Edwiges
16
Sábado
16
00
Missa em honra a Santa Edwiges
16
Domingo
07
00
Missa em honra a Santa Edwiges
16
Domingo
09
00
Missa em honra a Santa Edwiges
16
Domingo
11
00
Missa em honra a Santa Edwiges
16
Domingo
13
00
Missa em honra a Santa Edwiges
Domingo
18
00
Missa em honra a Santa Edwiges
16

Sacramentos

Batizados

Curso de Batismo:
Informações na Secretária Paroquial


Batizados:
Informações na Secretária Paroquial

Curso para noivos

Informações na Secretária Paroquial

Confissões

De segunda a sexta-feira
09:00
11:30
De segunda a sexta-feira
14:00
18:00
De segunda a sexta-feira
16:00
18:30
Sábado
08:30
11:00
Agendar na secretaria
06:30
19:00