Missa na Catedral da Sé marca envio missionário na região amazônica

Data e horário: 
segunda-feira, 27 Janeiro 2014 - 11:11
Créditos: 
Redação/ Redação com CNBB Regional Sul 1/ Renato Papis/ Crédito imagens: Luciney Martins

Na manhã deste domingo, 26/1, foi celebra na Catedral da Sé a missa de envio de um sacerdote da Arquidiocese de São Paulo, padre Fabiano de Sousa Pereira, e de mais três religiosas. Todos estarão em missão na Amazônia. O trabalho que eles vão desenvolver faz parte do Projeto Missionário entre os Regionais da CNBB Sul 1 e Norte 1.

A missa foi presidida pelo cardeal dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo metropolitano de São Paulo, concelebrada pelo cardeal dom Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo e presidente da Comissão Episcopal para a Amazônia da CNBB, por dom Vicente Costa, presidente do Conselho Missionário Regional Comire), por dom Tarcísio Scaramussa, bispo auxiliar de São Paulo, e pelo clero presente.

Dom Odilo destacou o significado da Amazônia para o Brasil, para o mundo e para a Igreja, especialmente para a arquidiocese de São Paulo que envia esses missionários. “Ao enviarmos missionários para a Amazônia, estamos tentando responder ao clamor que nos vem da população e da Igreja que vive naquela imensa e importante Região do Brasil”, afirmou o  cardeal. “Nós, católicos de São Paulo, somos postos diante do grande desafio de sermos uma “Igreja em saída” (Papa Francisco, Evangelii gaudium), deixando de olhar apenas para as nossas próprias necessidades, que também são grandes, para irmos ao encontro de quem precisa mais ainda”, acrescentou.

Padre Fabiano é pároco na Paróquia São José Operário, no bairro Vila Nova Galvão (Setor Jaçanã - Região Episcopal Santana). Ele tem 40 anos de idade, é natural da cidade de Volta Redonda/ RJ, e pertence ao clero secular da Arquidiocese de São Paulo. Foi ordenado há três anos. Ele atuará na Diocese de Castanhal/ PA.

As Irmãs: Isabel Patuzzo, da Congregação Missionárias da Imaculada - PIME; Julia Maria Peccim, dominicanas de São José Ilanz e Luiza Ferreira da Silva, da congregação Sagrada Família de Bordeaux. As três religiosas embarcam para Amazônia no próximo dia 04 de fevereiro, onde vão atuar em Tabatinga, na Diocese de Alto Solimões/ AM. As provinciais das Congregações que enviam as missionárias também participaram da celebração.

O arcebispo felicitou os missionários, “faço votos que os 4 missionários, que partem do Regional Sul 1 para a Amazônia, junto com os outros que lá já se encontram, ajudem a despertar em nossas comunidades diocesanas uma consciência missionária atenta e generosa. Que este “envio” possa repetir-se muitas vezes daqui por diante”, finalizou.

O bispo de Jundiaí (SP) e Presidente do Comire, dom Vicente Costa, falou da importância desta missão para a Igreja da Amazônia e do trabalho que será realizado pelas irmãs na diocese de Tabatinga (AM).Penso que é mais um sinal de partilha e de solidariedade da Igreja do Sul para com a Igreja da Amazônia”- prossegue Dom Vicente. “A experiência intercongregacional das três Irmãs que irão testemunhar sua consagração ao Reino em Tabatinga (AM) torna-se um sinal significativo da resposta da Igreja do Regional Sul 1 às necessidades da Igreja Amazônica. Que este sinal sirva de estímulo e de exemplo para que outros sigam este mesmo caminho”.

Já a presidente da CRB, Irmã Geni dos Santos Camargo ressaltou que a CRB é um Organismo de animação e articulação das Congregações Religiosas, em vista do compromisso missionário. Para ela, “o projeto Sul 1 Norte 1 possibilita uma oportunidade de responder a um dos grandes apelos missionários do Brasil, a Amazônia. É missão de fronteira, em vários aspectos: fronteira geográfica, literalmente, não apenas pela distância de São Paulo, também porque Tabatinga faz fronteira com Peru e Colômbia; é também fronteira cultural, étnica e religiosa”. “A CRB alegra-se em poder colaborar, enviando uma comunidade intercongregacional. É soma de forças, partilha de dons oferecidos pela Igreja de São Paulo e as Congregações que enviam as missionárias e pela Igreja de Tabatinga que acolhe a comunidade”, disse a religiosa

Projeto Missionário Sul 1 - Norte 1

Criado em 1994, pelos Bispos do Estado de São Paulo, para colaborar com as igrejas na Amazônia. A Conferência dos Religiosos/as do Brasil (CRB) do Estado de São Paulo, adere ao Projeto, através da comunidade inter-congregacional. Desde então, foram enviados mais de 70 missionários e missionárias entre padres, religiosas e leigos que doam, pelo menos, três anos de sua vida para a missão na Igreja da Amazônia.