Nossa Senhora da Consolata

A A

Calendário de Santos

d s t q q s s
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
29
 
30
 
 
20 de Junho

Nossa Senhora da Consolata é o nome italiano para uma devoção conhecida como Nossa Senhora da Consolação e também Nossa Senhora Consoladora dos Aflitos.

História

Santo Eusébio passou anos exilado em terras do Oriente e da Palestina. Estando na Palestina, ele encontrou um belo quadro de Nossa Senhora da Consolata. Voltando do exílio, ele levou o quadro e o deu de presente ao Bispo de Turim, Itália. O bispo era outro santo, São Máximo.

Este, reconhecendo a beleza e a importância da devoção a Nossa Senhora da Consolata, fez um altar dedicado a ela na igreja de Santo André e chamou o povo para venerar Nossa Senhora sob esse novo título. Muitos milagres começaram a acontecer pela intercessão de Nossa Senhora sob a invocação da Consolata.

Por mais de 400 anos o quadro ficou ali exposto para a veneração e oração dos fiéis. Nossa Senhora da Consolação, na visão dos santos, traz a todas as pessoas a verdadeira e única consolação para o coração humano: seu filho Jesus Cristo.

Heresia contra a igreja

Em 820 os hereges iconoclastas, isto é, destruidores de imagens, invadiram a cidade de Turim e destruíram tudo que encontravam que fizesse referência à fé cristã. Os religiosos, então, esconderam tudo quanto conseguiram esconder, inclusive o quadro de Nossa Senhora da Consolata. Por isso, o quadro ficou esquecido nas catacumbas da igreja de Turim. Ele permaneceu lá por mais de 100 anos. Chegaram a pensar que ele tinha sido destruído.

Redescoberta do quadro de Nossa Senhora da Consolata

No ano 1014, um Marquês italiano chamado Arduino, estava muito doente. Em seu leito de dor e oração, teve uma visão de Nossa Senhora. Na visão, Maria lhe pedia para construir uma igreja nas ruínas da antiga igreja de Turim. Depois dessas visões, Arduino ficou curado.

Por isso, e como forma de agradecimento, ele começou a construção da igreja nova, como Nossa Senhora tinha pedido. Nas escavações das ruínas da antiga igreja, redescobriram milagrosamente o quadro de Nossa Senhora da Consolata. A imagem era como Nossa Senhora tinha aparecido para Arduino. Foi uma grande consolação para a igreja local.

Nova guerra em Turim e novo milagre

Mais de 100 anos depois, uma nova guerra assolou a cidade de Turim e a igreja onde estava a imagem de Nossa Senhora da Consolata. E, mais uma vez, o quadro ficou escondido entre os entulhos por muitos anos. Novamente, todos pensaram que o quadro tinha sido destruído e isso foi causa de grande tristeza para o povo.

O grande milagre de Nossa Senhora da Consolata

Maria Santíssima, na forma de Nossa Senhora da Consolata apareceu a um cego que vivia bem longe de Turim. Seu nome era John Ravais e ele vivia na França. No sonho, ela pedia que ele fosse a Turim escavar os escombros da igreja para encontrar a imagem.

Maria lhe pedia também para ele construir novamente a igreja e prometeu que ele seria curado. John Ravais obedeceu prontamente. Quando chegou a Turim, procurou o Bispo, e este, depois de ouvir sua história, lhe deu todo apoio necessário nas buscas da imagem. Contrataram pedreiros e começaram as escavações.

E, tal como John Ravais tinha visto em seus sonhos, encontraram o quadro de Nossa Senhora da Consolata. Quando John Ravais chegou perto do quadro, ficou curado de sua cegueira. Foi uma grande emoção para todos.

Devoção a Nossa Senhora da Consolata

A partir de mais este milagre, a população de Turim assumiu Nossa Senhora da Consolata como protetora e padroeira da cidade. A devoção começou a se espalhar pela região, depois por toda a Itália, depois pela Europa e depois para o mundo inteiro. Hoje existe um Santuário dedicado a Nossa Senhora da Consolata em Turim. Peregrinações do mundo todo vão até lá para ver o quadro e rezar Nossa Senhora da Consolação.

Oração a Nossa Senhora da Consolata

Ó Mãe Consolata, vós sois no Céu a Rainha dos anjos e dos santos, e aqui na terra é a Mãe das consolações. Vós sois a Consolata, e eu vosso filho, vos peço consolação e graça. (fazer o pedido). Mãe querida, vós sabeis o modo, conheceis o caminho para ouvir-me, por isso confio em vós. Dizei uma palavra a Jesus que trazeis em vossos braços com tanto amor e carinho, e será o suficiente para que eu prove a alegria do conforto. Consolado por vós e por vosso filho, serei capaz de consolar os meus irmãos que mais sofrem. Saberei também enfrentar com serenidade aas dificuldades, encontrando em vós auxilio e proteção, amém.

Nossa Senhora da Consolata, rogai por nós.  

Igrejas dedicadas a Nossa Senhora da Consolata

*Fonte: Pia Sociedade Filhas de São Paulo Paulinas http://www.paulinas.org.br