Nossa Senhora da Alegria

A A

Calendário de Santos

d s t q q s s
 
 
 
 
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
 
6
 
7
 
8
 
9
 
10
 
11
 
12
 
13
 
14
 
15
 
16
 
17
 
18
 
19
 
20
 
21
 
22
 
23
 
24
 
25
 
26
 
27
 
28
 
 
 

Nas devoções marianas existem alguns títulos sobre a alegria: Nossa senhora das Alegrias, Nossa Senhora da Alegria e a devoção francesa de Liésse que traduzida do francês quer dizer alegria.

A história

Durante o reinado de Fulco de Anjou, quarto rei de Jerusalém, três fidalgos de Laon, partidos para a Cruzada, foram feitos prisioneiros e conduzidos ao Cairo. O sultão El-Afdhal tentava, por ameaças e seduções, fazê-los abjurar a sua fé. Não conseguiu abalar a piedosa fidelidade de seus prisioneiros; pelo contrário, estes converteram a filha do príncipe, que decidiu não só deixá-los evadirem-se, como também os acompanhou.

A evasão produziu-se sem embaraço, levando os fugitivos consigo uma imagem da Santíssima Virgem. Mas a sua situação era muito perigosa e uma noite, abatidos pela fadiga e incertos do futuro, adormeceram desanimados.

Ao despertar, qual não foi a surpresa! Reconheceram sua terra natal. Estavam em França. Em uma noite foram transportados milagrosamente do Egito para a sua pátria. No outro dia, acharam no mesmo lugar a estátua de Nossa Senhora, que trouxeram na fuga.

Como explicar a sua alegria e sua gratidão pelo milagroso livramento? Fizeram erigir à Maria um santuário onde aprouve à Virgem Santíssima multiplicar os benefícios e as graças.

A basílica

Na diocese de Laon se acha o célebre santuário de Nossa Senhora de Lièsse. Este nome significa Nossa Senhora da Alegria, e foi dado em memória dum acontecimento feliz que o santuário de Lièsse recorda.

A Basílica de Nossa Senhora de Liesse em estilo gótico flamejante, foi construída em 1134 pelos Cavaleiros de Eppes e em seguida, reconstruída em 1384 e ampliada em 1480, veio em peregrinação a honrar a Virgem Negra , referindo-se sudanesa Isméria , filha do sultão do Cairo El-Afdhal, que depois de salvar a vida dos cavaleiros franceses durante as Cruzadas, tornou-se esposa de Robert Eppes, filho de William II de França. Em 1923, a igreja foi transformada em Basílica.

A oração

Peçamos à Mãe de Deus que nos seja refúgio nas nossas tribulações, e confiemos todas as nossas alegrias àquela que a Igreja chama de Mãe da Esperança e de Santa Alegria.

Notas

A imagem de Nossa Senhora da Alegria (Liésse) é uma das muitas imagens da Virgem Negra.

 

Pintura da Basílica de Notre Dame de Liésse onde a imagem de nossa senhora da aletria está entronada.

Em 1620, o oficial de justiça titular da Armênia, Fra ‘Jacques Chenu Bellay, construiu uma igreja de Nossa Senhora de Liesse em Valletta, em Malta. É hoje a igreja capelania do porto de Valletta.

A estátua original foi destruída caindo sobre a Revolução Francesa, o objetivo da basílica medieval em Liesse manteve-se como um centro de devoção à Mãe de Deus, e uma nova estátua foi instalada e coroada em 1857. Ela ainda é o foco de peregrinação, especialmente no Pentecostes.

 

Em junho de 1686, São João Batista de La Salle e doze irmãos foram ao santuário de Nossa Senhora de Liesse para renovar seu voto de obediência. Pintura por Giovanni Gagliardi, 1901

 

 

Igrejas dedicadas a Nossa Senhora da Alegria

*Fonte: Pia Sociedade Filhas de São Paulo Paulinas http://www.paulinas.org.br